Nesta edição especial, o selo Alfaguara publica, pela primeira vez no Brasil, a novela Os filhotes, de Mario Vargas Llosa, com imagens do fotógrafo catalão Xavier Miserachs. Lançado originalmente na Espanha em 1967, o livro fazia parte da coleção Palabra e Imagen, criada no início da década de 1960 por Esther e Oscar Tusquets na editora Lumen. Coleção essa que, agora, é recuperada na Espanha pela editora La Fabrica. Palabra e Imagen pretendia reunir, em um mesmo volume, o trabalho de escritores e fotógrafos de peso. Vargas Llosa estava entre eles. Ainda no início de sua carreira literária, havia se tornado uma grande revelação ao receber, em 1962, o Premio Biblioteca Breve pelo romance A cidade e os cachorros. Convidado a participar da coleção, escreveu esta novela. Um relato emocionante sobre a difícil vida de um jovem em Lima. Cuéllar sofre o ataque impiedoso de um cachorro. Essa tragédia, que devia permanecer secreta, marca a história de um grupo de adolescentes, "os filhotes", que começam a descobrir a liberdade, o amor e o sexo. A palavra de Mario Vargas Llosa possui a agilidade e a música que o destacaram, desde seus primeiros livros, como uma das figuras mais importantes da literatura contemporânea. Neste relato, publicado em 1967, o escritor peruano retrata a alta burguesia limenha com uma narrativa vibrante e ao mesmo tempo nostálgica. As imagens, a cargo de Xavier Miserachs, traçam essa mesma história de transição adolescente, ambientada na Espanha e com outros personagens que, no entanto, transmitem o mesmo ímpeto e a mesma vontade de viver. São fotografias tão dinâmicas e ambiciosas quanto o texto, que avançam em um jogo de linhas paralelas e enriquecem a visão do leitor.

Ed. Alfaguara - 100 pág. - brochura

OS FILHOTES - Mario Vargas Llosa e Xavier Miserachs

R$67,90 R$61,20
Frete grátis
OS FILHOTES - Mario Vargas Llosa e Xavier Miserachs R$61,20

Nesta edição especial, o selo Alfaguara publica, pela primeira vez no Brasil, a novela Os filhotes, de Mario Vargas Llosa, com imagens do fotógrafo catalão Xavier Miserachs. Lançado originalmente na Espanha em 1967, o livro fazia parte da coleção Palabra e Imagen, criada no início da década de 1960 por Esther e Oscar Tusquets na editora Lumen. Coleção essa que, agora, é recuperada na Espanha pela editora La Fabrica. Palabra e Imagen pretendia reunir, em um mesmo volume, o trabalho de escritores e fotógrafos de peso. Vargas Llosa estava entre eles. Ainda no início de sua carreira literária, havia se tornado uma grande revelação ao receber, em 1962, o Premio Biblioteca Breve pelo romance A cidade e os cachorros. Convidado a participar da coleção, escreveu esta novela. Um relato emocionante sobre a difícil vida de um jovem em Lima. Cuéllar sofre o ataque impiedoso de um cachorro. Essa tragédia, que devia permanecer secreta, marca a história de um grupo de adolescentes, "os filhotes", que começam a descobrir a liberdade, o amor e o sexo. A palavra de Mario Vargas Llosa possui a agilidade e a música que o destacaram, desde seus primeiros livros, como uma das figuras mais importantes da literatura contemporânea. Neste relato, publicado em 1967, o escritor peruano retrata a alta burguesia limenha com uma narrativa vibrante e ao mesmo tempo nostálgica. As imagens, a cargo de Xavier Miserachs, traçam essa mesma história de transição adolescente, ambientada na Espanha e com outros personagens que, no entanto, transmitem o mesmo ímpeto e a mesma vontade de viver. São fotografias tão dinâmicas e ambiciosas quanto o texto, que avançam em um jogo de linhas paralelas e enriquecem a visão do leitor.

Ed. Alfaguara - 100 pág. - brochura