As ditaduras do século XX ganham uma abordagem inovadora de especialistas brasileiros e estrangeiros em A construção social dos regimes autoritários. Nos três volumes, divididos entre Brasil e América Latina; Europa; Ásia e África, historiadores e cientistas sociais mostram como estes governos autoritários das mais diversas tendências ideológicas obtiveram apoio e legitimidade na sociedade. Os artigos organizados por Denise Rollemberg e Samatha Viz Quadrat vão além das últimas investigações por mostrar como os valores desses regimes já estavam presentes na sociedade. “Não negamos as resistências, nem muito menos estamos dizendo que a história está fadada às ditaduras. Estamos simplesmente lidando com uma constatação: um século marcado por muitas ditaduras, em diferentes países e continentes, com culturas, tradições e passados diversos, que tiveram apoio da sociedade. Este é o nosso recorte.”, explicam as organizadoras. O Totalitarismo europeu; o advento da União Soviética; os casos da Tunísia e São Tomé e Príncipe; o regime autoritário da China e sua base social; o despotismo e consenso político no Irã; e, claro, as ditaduras militares da América Latina, com ênfase no Brasil, são algumas dos temas investigados. As análises não são realizadas em função da manipulação, da infantilização e vitimização das massas, incapazes de realizar suas escolhas; nem exclusivamente em função da repressão e do medo; tampouco como regimes fechados. Os autores buscaram entender como se constroem consensos e consentimentos, como se estabelecem relações entre Estado e sociedade.

Ed. Civilização Brasileira - 309 pág. - brochura

A CONSTRUÇAO SOCIAL DOS REGIMES AUTORITARIOS: LEGITIMIDADE, CONSENSO E CONSENTIMENTO NO SECULO XX: EUROPA - Denise Rollemberg | Samantha Viz Quadrat

R$84,90 R$76,50
A CONSTRUÇAO SOCIAL DOS REGIMES AUTORITARIOS: LEGITIMIDADE, CONSENSO E CONSENTIMENTO NO SECULO XX: EUROPA - Denise Rollemberg | Samantha Viz Quadrat R$76,50
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$0,00
Entregas para o CEP:

Sucesso! Você tem frete grátis

As ditaduras do século XX ganham uma abordagem inovadora de especialistas brasileiros e estrangeiros em A construção social dos regimes autoritários. Nos três volumes, divididos entre Brasil e América Latina; Europa; Ásia e África, historiadores e cientistas sociais mostram como estes governos autoritários das mais diversas tendências ideológicas obtiveram apoio e legitimidade na sociedade. Os artigos organizados por Denise Rollemberg e Samatha Viz Quadrat vão além das últimas investigações por mostrar como os valores desses regimes já estavam presentes na sociedade. “Não negamos as resistências, nem muito menos estamos dizendo que a história está fadada às ditaduras. Estamos simplesmente lidando com uma constatação: um século marcado por muitas ditaduras, em diferentes países e continentes, com culturas, tradições e passados diversos, que tiveram apoio da sociedade. Este é o nosso recorte.”, explicam as organizadoras. O Totalitarismo europeu; o advento da União Soviética; os casos da Tunísia e São Tomé e Príncipe; o regime autoritário da China e sua base social; o despotismo e consenso político no Irã; e, claro, as ditaduras militares da América Latina, com ênfase no Brasil, são algumas dos temas investigados. As análises não são realizadas em função da manipulação, da infantilização e vitimização das massas, incapazes de realizar suas escolhas; nem exclusivamente em função da repressão e do medo; tampouco como regimes fechados. Os autores buscaram entender como se constroem consensos e consentimentos, como se estabelecem relações entre Estado e sociedade.

Ed. Civilização Brasileira - 309 pág. - brochura