'A prisão e a ágora' versa sobre planejamento urbano, mas não do ponto de vista da adequação dos usos do solo ou da estética das paisagens - não propriamente inúteis em si mesmas, mas tão amiúde a serviço da segregação, do controle social e da alienação -, e sim das relações de poder inscritas no espaço e implicadas na produção do espaço. Planejar e gerir uma cidade não significam, apenas, planejar e gerir coisas, mas sim, acima de tudo, planejar e gerir relações sociais. Seja para amenizar o embrutecimento representado e condicionado pelas cidades atuais, seja para conquistar cidades substancialmente diferentes e mais justas, é preciso refletir e agir levando em conta o que mais importa - a dinâmica das relações sociais, em especial a dinâmica das relações de poder, e os vínculos disso com o espaço, na sua dupla qualidade de produto e condicionante das relações sociais.

A PRISÃO E A ÁGORA - Reflexões em torno da democratização do planejamento - Marcelo Lopes de Souza

R$69,90
A PRISÃO E A ÁGORA - Reflexões em torno da democratização do planejamento - Marcelo Lopes de Souza R$69,90
Entregas para o CEP:

Meios de envio

'A prisão e a ágora' versa sobre planejamento urbano, mas não do ponto de vista da adequação dos usos do solo ou da estética das paisagens - não propriamente inúteis em si mesmas, mas tão amiúde a serviço da segregação, do controle social e da alienação -, e sim das relações de poder inscritas no espaço e implicadas na produção do espaço. Planejar e gerir uma cidade não significam, apenas, planejar e gerir coisas, mas sim, acima de tudo, planejar e gerir relações sociais. Seja para amenizar o embrutecimento representado e condicionado pelas cidades atuais, seja para conquistar cidades substancialmente diferentes e mais justas, é preciso refletir e agir levando em conta o que mais importa - a dinâmica das relações sociais, em especial a dinâmica das relações de poder, e os vínculos disso com o espaço, na sua dupla qualidade de produto e condicionante das relações sociais.