Em O Espetáculo da Evolução, Bertrand Jordan - biólogo molecular internacionalmente conhecido pela descoberta, em 1980, do gene da histocompatibilidade, inverte a ordem tradicional da divulgação científica, ao fazer das sensações o ponto de partida das grandes perguntas contemporâneas. Em lugar de descrever os repetidos e intermináveis atos da pesquisa, a rotina dos laboratórios imposta pelos rigores dos métodos, ele procede por metonímias: a breve visão de um ser marinho desperta o pensamento sobre a reprodução celular; por ocasião de uma subida forçada numa escarpa, aprendemos, um tanto inquietos, que cada esforço nosso representa a destruição de algumas fibras musculares. Nesse livro, Jordan transmite sua paixão pela pesquisa, ao mesmo tempo em que põe de cabeça para baixo algumas imagens prontas sobre a ciência. E o faz imbuído do desejo de retraçar uma rede humanista que apóie o trabalho científico, ao reintroduzir na racionalidade aparentemente fria da ciência preocupações demasiadamente humanas, descrevendo de maneira poética alguns dos aspectos mais polêmicos da disciplina que estuda: evolução, pesquisas sobre o DNA humano, cura do câncer, clonagem, transgênicos.

Ed. Zahar - 136 pág. - brochura

O ESPETÁCULO DA EVOLUÇÃO - Sexualidade, origem da vida, DNA e clonagem - Bertrand Jordan

R$27,20
O ESPETÁCULO DA EVOLUÇÃO - Sexualidade, origem da vida, DNA e clonagem - Bertrand Jordan R$27,20
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Em O Espetáculo da Evolução, Bertrand Jordan - biólogo molecular internacionalmente conhecido pela descoberta, em 1980, do gene da histocompatibilidade, inverte a ordem tradicional da divulgação científica, ao fazer das sensações o ponto de partida das grandes perguntas contemporâneas. Em lugar de descrever os repetidos e intermináveis atos da pesquisa, a rotina dos laboratórios imposta pelos rigores dos métodos, ele procede por metonímias: a breve visão de um ser marinho desperta o pensamento sobre a reprodução celular; por ocasião de uma subida forçada numa escarpa, aprendemos, um tanto inquietos, que cada esforço nosso representa a destruição de algumas fibras musculares. Nesse livro, Jordan transmite sua paixão pela pesquisa, ao mesmo tempo em que põe de cabeça para baixo algumas imagens prontas sobre a ciência. E o faz imbuído do desejo de retraçar uma rede humanista que apóie o trabalho científico, ao reintroduzir na racionalidade aparentemente fria da ciência preocupações demasiadamente humanas, descrevendo de maneira poética alguns dos aspectos mais polêmicos da disciplina que estuda: evolução, pesquisas sobre o DNA humano, cura do câncer, clonagem, transgênicos.

Ed. Zahar - 136 pág. - brochura