O humano mais humano é uma investigação abrangente e fascinante de como computadores estão nos fazendo repensar o papel da humanidade no século XXI. Brian Christian alinha os avanços da inteligência artificial aos solavancos da interação social para questionar: em uma era de máquinas inteligentes, o que significa ser humano? 
Christian usa como fio condutor da trama sua participação no prêmio Loebner, um evento anual em que se aplica o famoso teste de Turing: via texto, jurados conversam simultaneamente com um computador e um humano e, baseados em suas respostas, decidem qual é qual. A máquina que engana mais jurados é consagrada como Computador Mais Humano, e resta ao membro mais convincente da nossa espécie a distinção de Humano Mais Humano - título simbólico que ele foi buscar na cerimônia de 2009. A competição, no entanto, é apenas o ponto de partida para uma jornada em que Christian entrelaça ciência, arte e situações do cotidiano de maneira surpreendente. Mais do que se tornar o “Humano Mais Humano”, a questão é: quando máquinas pensarem, o que vai nos diferenciar delas? É dessa competição que o autor quer 
que saiamos vencedores. 
Este é o livro de estreia de Brian Christian; já traduzido em mais de dez línguas, entrou na lista dos melhores de 2011 dos jornais New York Times,Wall Street Journal e Boston Globe, e da prestigiada revista New Yorker

“Ótimo. Arte e ciência se encontram em uma mente brilhante e a fricção produz faíscas.” - The New Yorker

 

Ed,Cia das Letras - 368 pág. - brochura

O HUMANO MAIS HUMANO - O que a inteligência artificial nos ensina sobre a vida - Brian Christian

R$67,90 R$59,90
O HUMANO MAIS HUMANO - O que a inteligência artificial nos ensina sobre a vida - Brian Christian R$59,90
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$0,00
Entregas para o CEP:

Sucesso! Você tem frete grátis

O humano mais humano é uma investigação abrangente e fascinante de como computadores estão nos fazendo repensar o papel da humanidade no século XXI. Brian Christian alinha os avanços da inteligência artificial aos solavancos da interação social para questionar: em uma era de máquinas inteligentes, o que significa ser humano? 
Christian usa como fio condutor da trama sua participação no prêmio Loebner, um evento anual em que se aplica o famoso teste de Turing: via texto, jurados conversam simultaneamente com um computador e um humano e, baseados em suas respostas, decidem qual é qual. A máquina que engana mais jurados é consagrada como Computador Mais Humano, e resta ao membro mais convincente da nossa espécie a distinção de Humano Mais Humano - título simbólico que ele foi buscar na cerimônia de 2009. A competição, no entanto, é apenas o ponto de partida para uma jornada em que Christian entrelaça ciência, arte e situações do cotidiano de maneira surpreendente. Mais do que se tornar o “Humano Mais Humano”, a questão é: quando máquinas pensarem, o que vai nos diferenciar delas? É dessa competição que o autor quer 
que saiamos vencedores. 
Este é o livro de estreia de Brian Christian; já traduzido em mais de dez línguas, entrou na lista dos melhores de 2011 dos jornais New York Times,Wall Street Journal e Boston Globe, e da prestigiada revista New Yorker

“Ótimo. Arte e ciência se encontram em uma mente brilhante e a fricção produz faíscas.” - The New Yorker

 

Ed,Cia das Letras - 368 pág. - brochura