Internado num hospital na Suíça, em 1977, Vladimir Nabokov deixou instruções a seus herdeiros para que destruíssem as fichas catalográficas que formavam o manuscrito de O original de Laura. Mas sua mulher, Véra, não conseguia pensar na ideia de destruir seu último trabalho. E o destino das fichas foi posteriormente passado a seu filho, Dmitri. Dmitri conviveu por décadas com a polêmica. Ao longo dos anos, recebeu todos os tipos de mensagem de leitores, escritores e críticos. Alguns diziam que era preciso respeitar o último desejo do autor. Outros, que ele não tinha o direito de destruir esse texto ainda inacabado, que poderia conter uma obra-prima. A decisão foi tomada, e o texto final de Nabokov, preservado. O original de Laura é uma narrativa fragmentada, mas vibrante, em que as fichas escritas a mão vão compondo uma história de amor e traição, com o estilo preciso e irônico do maior escritor de seu tempo.

Ed.Alfaguara - 304 pág. - capa dura

Sobre o autor:

VLADIMIR NABOKOV nasceu em São Petersburgo em 1899. Com a Revolução Russa, a família deixou o país natal e viveu primeiro em Londres, depois em Berlim. Em 1940, Nabokov mudou-se para os Estados Unidos, onde foi professor na Wellesley College e na Universidade Cornell. Seu primeiro romance escrito em inglês, A verdadeira vida de Sebastian Knight, foi publicado em 1941, e sua obra mais conhecida, Lolita, lhe valeu fama internacional. Morreu em 1977, em Montreux, Suíça.

O ORIGINAL DE LAURA - Vladimir Nabokov

R$74,90
O ORIGINAL DE LAURA - Vladimir Nabokov R$74,90
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$120,00
Entregas para o CEP:

Frete grátis a partir de R$120,00

Internado num hospital na Suíça, em 1977, Vladimir Nabokov deixou instruções a seus herdeiros para que destruíssem as fichas catalográficas que formavam o manuscrito de O original de Laura. Mas sua mulher, Véra, não conseguia pensar na ideia de destruir seu último trabalho. E o destino das fichas foi posteriormente passado a seu filho, Dmitri. Dmitri conviveu por décadas com a polêmica. Ao longo dos anos, recebeu todos os tipos de mensagem de leitores, escritores e críticos. Alguns diziam que era preciso respeitar o último desejo do autor. Outros, que ele não tinha o direito de destruir esse texto ainda inacabado, que poderia conter uma obra-prima. A decisão foi tomada, e o texto final de Nabokov, preservado. O original de Laura é uma narrativa fragmentada, mas vibrante, em que as fichas escritas a mão vão compondo uma história de amor e traição, com o estilo preciso e irônico do maior escritor de seu tempo.

Ed.Alfaguara - 304 pág. - capa dura

Sobre o autor:

VLADIMIR NABOKOV nasceu em São Petersburgo em 1899. Com a Revolução Russa, a família deixou o país natal e viveu primeiro em Londres, depois em Berlim. Em 1940, Nabokov mudou-se para os Estados Unidos, onde foi professor na Wellesley College e na Universidade Cornell. Seu primeiro romance escrito em inglês, A verdadeira vida de Sebastian Knight, foi publicado em 1941, e sua obra mais conhecida, Lolita, lhe valeu fama internacional. Morreu em 1977, em Montreux, Suíça.