Pitágoras é conhecido universalmente pelo célebre teorema - a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa - que leva seu nome. Mas era também um homem que, vestido de linho branco e caminhando entre salgueiros, negava o conformismo, pensava a terra e o céu, equacionava o visível e o invisível. Pitágoras interrogou-se sobre a origem da harmonia, do belo e da música. Viu no número, ou no segredo contido no número, a possibilidade de penetrar seu enigma. Neste 'Pitágoras e a harmonia das esferas', Simonne Jacquemard, numa prosa poética, descreve a existência e os pensamentos deste personagem. No século VI antes de nossa era, não havia uma ciência separada da moral e da religião - Pitágoras foi um sacerdote e um místico, fundador de uma comunidade cujos adeptos eram iniciados e conhecidos como pitagóricos. Foi também um sábio em busca da paz e da não-violência. Em sua Escola de Crotonoa, no sul da Itália, um número enorme de curiosos e adeptos fervorosos convivia lado a lado. Mesmo perseguidos e massacrados, Pitágoras e seu discípulos tiveram um destino excepcional e glorioso por meio do grande número de movimentos filosóficos e espirituais inspirados por eles. Simonne Jacquemard traz aos leitores de hoje a mensagem desse grande matemático e filósofo da Grécia que versava sobre a natureza, a música, a sabedoria, a paz, a harmonia do mundo.

 

Cia. das Letras - 272 pág. - brochura

PITÁGORAS E A HARMONIA DAS ESFERAS - Simone Jacquemard

R$24,00
PITÁGORAS E A HARMONIA DAS ESFERAS - Simone Jacquemard R$24,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Pitágoras é conhecido universalmente pelo célebre teorema - a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa - que leva seu nome. Mas era também um homem que, vestido de linho branco e caminhando entre salgueiros, negava o conformismo, pensava a terra e o céu, equacionava o visível e o invisível. Pitágoras interrogou-se sobre a origem da harmonia, do belo e da música. Viu no número, ou no segredo contido no número, a possibilidade de penetrar seu enigma. Neste 'Pitágoras e a harmonia das esferas', Simonne Jacquemard, numa prosa poética, descreve a existência e os pensamentos deste personagem. No século VI antes de nossa era, não havia uma ciência separada da moral e da religião - Pitágoras foi um sacerdote e um místico, fundador de uma comunidade cujos adeptos eram iniciados e conhecidos como pitagóricos. Foi também um sábio em busca da paz e da não-violência. Em sua Escola de Crotonoa, no sul da Itália, um número enorme de curiosos e adeptos fervorosos convivia lado a lado. Mesmo perseguidos e massacrados, Pitágoras e seu discípulos tiveram um destino excepcional e glorioso por meio do grande número de movimentos filosóficos e espirituais inspirados por eles. Simonne Jacquemard traz aos leitores de hoje a mensagem desse grande matemático e filósofo da Grécia que versava sobre a natureza, a música, a sabedoria, a paz, a harmonia do mundo.

 

Cia. das Letras - 272 pág. - brochura