Constantin Stanislavski é, ao lado de Meyerhold, Piscator e Brecht, uma das mais brilhantes personalidades da história contemporânea do teatro. O grande ator, produtor e diretor russo foi um inovador das artes cênicas em todos os campos. Seus “manuais” sobre a respresentação teatral constituem hoje bibliografia básica e indispensável para todos aqueles que desejam iniciar-se na carreira teatral ou aprimorar sua capacidade de comunicação com o público.

A criação de um papel é o terceiro volume de uma trilogia — completada pelos títulos A preparação do ator A construção da personagem — fundamental a todos quantos se interessam pelo teatro, sejam simples espectadores ou profissionais da arte cênica. Nela, o famoso fundador do Teatro de Arte de Moscou condensou não só a sua vasta e intensa experiência de diretor teatral, mas sobretudo sua vivência cultural e todo o seu saber de homem e de artista.

No livro, Stanislavski dedica-se a estudar “a preparação de papéis específicos, a partir da primeira leitura da peça e do desenvolvimento da primeira cena”, dissecando todo o trabalho que um ator deve executar para esquecer sua própria individualidade e assumir outra — aquela à qual vai dar vida no palco. A criação de um papel foi traduzido da edição americana pelo crítico e diretor teatral Pontes de Paula Lima, divulgador no Brasil dos processos cênicos criados por Stanislavski.

Ed, Civilização Brasileira - 320 pág. - brochura

A CRIAÇÃO DE UM PAPEL - Constantin Stanislavsky

R$89,90
Esgotado
A CRIAÇÃO DE UM PAPEL - Constantin Stanislavsky R$89,90

Constantin Stanislavski é, ao lado de Meyerhold, Piscator e Brecht, uma das mais brilhantes personalidades da história contemporânea do teatro. O grande ator, produtor e diretor russo foi um inovador das artes cênicas em todos os campos. Seus “manuais” sobre a respresentação teatral constituem hoje bibliografia básica e indispensável para todos aqueles que desejam iniciar-se na carreira teatral ou aprimorar sua capacidade de comunicação com o público.

A criação de um papel é o terceiro volume de uma trilogia — completada pelos títulos A preparação do ator A construção da personagem — fundamental a todos quantos se interessam pelo teatro, sejam simples espectadores ou profissionais da arte cênica. Nela, o famoso fundador do Teatro de Arte de Moscou condensou não só a sua vasta e intensa experiência de diretor teatral, mas sobretudo sua vivência cultural e todo o seu saber de homem e de artista.

No livro, Stanislavski dedica-se a estudar “a preparação de papéis específicos, a partir da primeira leitura da peça e do desenvolvimento da primeira cena”, dissecando todo o trabalho que um ator deve executar para esquecer sua própria individualidade e assumir outra — aquela à qual vai dar vida no palco. A criação de um papel foi traduzido da edição americana pelo crítico e diretor teatral Pontes de Paula Lima, divulgador no Brasil dos processos cênicos criados por Stanislavski.

Ed, Civilização Brasileira - 320 pág. - brochura