A Rainha de Sabah está impressa de forma indelével no imaginário universal. Sua beleza e inteligência habitam não apenas fábulas e narrativas populares, mas também a criação literária, sobretudo a poética. Mas como teria nascido o mito da Rainha de Sabah? Teria ela existido realmente? Em 'As Caravanas da Lua - Pela Rota do Incenso em Busca da Rainha de Sabah,' a arqueóloga e museóloga carioca Fernanda de Camargo-Moro une fatos, lenda e culinária para compor o mosaico de uma das personagens mais enigmáticas da história. Rainha de um país de mil fragrâncias, a trajetória da soberana está intimamente ligada à rota do incenso e dos aromas. De tal forma arraigada, que é preciso penetrar nesses sinuosos caminhos desérticos para se aproximar dela. As Caravanas da Lua analisa essa criatura multifacetada e seus muitos aspectos. O imenso legendário ora a faz aparecer com poderes de necromancia, uma outra interpretação da deusa Hécate, a Mágica, ora como filha dos djinns, isto é, dos demônios, metade mulher, metade animal. Bela e sábia nas narrativas do mundo árabe, ou deformada por um pé de cabra ou com a perna peluda em uma lenda etíope, a Rainha de Sabah também surge mais tarde como uma imagem da Sabedoria. Outras como amante do sábio rei bíblico Salomão. Se existiu ou foi inventada, a Rainha de Sabah sobreviveu ao tempo e o fascínio desta personagem permanece até hoje um grande mistério. Do mesmo modo é a sua história, comum às três grandes religiões, e as narrativas lendárias que correm o mundo.

 

Ed. Record - 462 pág. - brochura

AS CARAVANAS DA LUA - Fernanda de Camargo-Moro

R$53,31
AS CARAVANAS DA LUA - Fernanda de Camargo-Moro R$53,31
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$0,00
Entregas para o CEP:

Sucesso! Você tem frete grátis

A Rainha de Sabah está impressa de forma indelével no imaginário universal. Sua beleza e inteligência habitam não apenas fábulas e narrativas populares, mas também a criação literária, sobretudo a poética. Mas como teria nascido o mito da Rainha de Sabah? Teria ela existido realmente? Em 'As Caravanas da Lua - Pela Rota do Incenso em Busca da Rainha de Sabah,' a arqueóloga e museóloga carioca Fernanda de Camargo-Moro une fatos, lenda e culinária para compor o mosaico de uma das personagens mais enigmáticas da história. Rainha de um país de mil fragrâncias, a trajetória da soberana está intimamente ligada à rota do incenso e dos aromas. De tal forma arraigada, que é preciso penetrar nesses sinuosos caminhos desérticos para se aproximar dela. As Caravanas da Lua analisa essa criatura multifacetada e seus muitos aspectos. O imenso legendário ora a faz aparecer com poderes de necromancia, uma outra interpretação da deusa Hécate, a Mágica, ora como filha dos djinns, isto é, dos demônios, metade mulher, metade animal. Bela e sábia nas narrativas do mundo árabe, ou deformada por um pé de cabra ou com a perna peluda em uma lenda etíope, a Rainha de Sabah também surge mais tarde como uma imagem da Sabedoria. Outras como amante do sábio rei bíblico Salomão. Se existiu ou foi inventada, a Rainha de Sabah sobreviveu ao tempo e o fascínio desta personagem permanece até hoje um grande mistério. Do mesmo modo é a sua história, comum às três grandes religiões, e as narrativas lendárias que correm o mundo.

 

Ed. Record - 462 pág. - brochura