Fidel Castro e a Revolução Comunista em Cuba são produtos da identidade nacional cubana e não podem ser entendidos fora do contexto histórico da ilha. Com esse argumento, o jornalista e historiador britânico Richard Gott, que há mais de 40 anos escreve sobre o contexto político no Caribe, traça um panorama abrangente e profundo da ilha de Castro, do período pré-colombiano aos anos pós-União Soviética.Em uma narrativa acessível e sem cair na armadilha dos extremos, marcada pela paixão revolucionária ou pelo anticomunismo ideológico, Gott revela um país de problemas raciais, rupturas políticas e muita violência, construindo assim não só uma representação do processo histórico cubano, mas também um reflexo dos povos das Américas.Uma leitura fundamental a todos os que desejam conhecer uma análise coerente e até mesmo otimista da vida em Cuba sem Fidel Castro, a obra é um retrato político, mas não politizado, dessa pequena ilha que desafiou a história e desperta paixões muitas vezes irreconciliáveis. "Gott é sempre um escritor interessante, bem informado e envolvente."Foreign Affairs"O livro de Richard Gott será a obra de referência sobre Cuba durante muitos anos."Adam Feinstein, The Guardian

Ed. Zahar - 428 pág. - brochura

CUBA - UMA NOVA HISTORIA - Richard Gott

R$124,90 R$99,90
Frete grátis
CUBA - UMA NOVA HISTORIA - Richard Gott R$99,90

Fidel Castro e a Revolução Comunista em Cuba são produtos da identidade nacional cubana e não podem ser entendidos fora do contexto histórico da ilha. Com esse argumento, o jornalista e historiador britânico Richard Gott, que há mais de 40 anos escreve sobre o contexto político no Caribe, traça um panorama abrangente e profundo da ilha de Castro, do período pré-colombiano aos anos pós-União Soviética.Em uma narrativa acessível e sem cair na armadilha dos extremos, marcada pela paixão revolucionária ou pelo anticomunismo ideológico, Gott revela um país de problemas raciais, rupturas políticas e muita violência, construindo assim não só uma representação do processo histórico cubano, mas também um reflexo dos povos das Américas.Uma leitura fundamental a todos os que desejam conhecer uma análise coerente e até mesmo otimista da vida em Cuba sem Fidel Castro, a obra é um retrato político, mas não politizado, dessa pequena ilha que desafiou a história e desperta paixões muitas vezes irreconciliáveis. "Gott é sempre um escritor interessante, bem informado e envolvente."Foreign Affairs"O livro de Richard Gott será a obra de referência sobre Cuba durante muitos anos."Adam Feinstein, The Guardian

Ed. Zahar - 428 pág. - brochura