A partir da década de 1930, diversas correntes estavam em franca disputa na formação da arquitetura brasileira. Os modernos - dentre os quais Lucio Costa e Oscar Niemeyer - sobressaíram-se a neocoloniais e acadêmicos, e conquistaram reconhecimento internacional. - Como se formou o grupo dos modernos e sua estética revolucionária. - Como a arquitetura forjou a imagem de um novo Brasil. - Depoimentos exclusivos e mais de 130 fotos, desenhos, plantas e fac-símiles, muitos deles inéditos. "Esse é um livro importante, como tudo que o meu amigo Lauro Cavalcanti faz. Nele procura mostrar a evolução da arquitetura moderna no Brasil, que, a meu ver, começou com a construção da sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), projetada pelos irmãos Roberto, no Centro do Rio. Depois foi a técnica do concreto armado se aprimorando e a arquitetura brasileira se enriquecendo de acordo com o talento dos nossos arquitetos." Oscar Niemeyer

Ed. Zahar - 247 pág. - brochura

MODERNO E BRASILEIRO - A história de uma nova linguagem na arquitetura (1930-60) - Lauro Cavalcanti (Autor)

R$59,90 R$53,90
Frete grátis
MODERNO E BRASILEIRO - A história de uma nova linguagem na arquitetura (1930-60) - Lauro Cavalcanti (Autor) R$53,90

A partir da década de 1930, diversas correntes estavam em franca disputa na formação da arquitetura brasileira. Os modernos - dentre os quais Lucio Costa e Oscar Niemeyer - sobressaíram-se a neocoloniais e acadêmicos, e conquistaram reconhecimento internacional. - Como se formou o grupo dos modernos e sua estética revolucionária. - Como a arquitetura forjou a imagem de um novo Brasil. - Depoimentos exclusivos e mais de 130 fotos, desenhos, plantas e fac-símiles, muitos deles inéditos. "Esse é um livro importante, como tudo que o meu amigo Lauro Cavalcanti faz. Nele procura mostrar a evolução da arquitetura moderna no Brasil, que, a meu ver, começou com a construção da sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), projetada pelos irmãos Roberto, no Centro do Rio. Depois foi a técnica do concreto armado se aprimorando e a arquitetura brasileira se enriquecendo de acordo com o talento dos nossos arquitetos." Oscar Niemeyer

Ed. Zahar - 247 pág. - brochura