O nascimento de uma nova ciência numa era de revolução

Ao final do século XVIII, a química ainda estava impregnada pela alquimia medieval, e a maioria dos estudiosos acreditava que o flogístico fosse um dos responsáveis pela combustão. Foi então que o francês Antoine Lavoisier libertou a química de seu invólucro fantasmagórico, criando uma linguagem científica para denominar os compostos e elementos químicos e substituindo o conceito de flogístico pelo de ar atmosférico, feito de oxigênio e outros gases.

Cia. das Letras - 200 pág. - brochura

LAVOISIER NO ANO UM - Madison Smartt Bell

R$44,90 R$39,90
Frete grátis
LAVOISIER NO ANO UM - Madison Smartt Bell R$39,90

O nascimento de uma nova ciência numa era de revolução

Ao final do século XVIII, a química ainda estava impregnada pela alquimia medieval, e a maioria dos estudiosos acreditava que o flogístico fosse um dos responsáveis pela combustão. Foi então que o francês Antoine Lavoisier libertou a química de seu invólucro fantasmagórico, criando uma linguagem científica para denominar os compostos e elementos químicos e substituindo o conceito de flogístico pelo de ar atmosférico, feito de oxigênio e outros gases.

Cia. das Letras - 200 pág. - brochura