Cinco décadas de produção da artista uruguaia que participa da grande tradição do construtivismo latino-americano. A pintora teve contatos com o movimento argentino Madí e expôs na II Bienal de São Paulo, em 1953, enfatizando o caráter despolitizado do construtivismo uruguaio, sem vínculos com a esquerda, ao contrário dos congêneres brasileiro e argentino.

Cosac & Naify - 152 pág. - capa dura

MARIA FREIRE - Gabriel Perez Barreiro

R$151,20
MARIA FREIRE - Gabriel Perez Barreiro R$151,20
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$0,00
Entregas para o CEP:

Sucesso! Você tem frete grátis

Cinco décadas de produção da artista uruguaia que participa da grande tradição do construtivismo latino-americano. A pintora teve contatos com o movimento argentino Madí e expôs na II Bienal de São Paulo, em 1953, enfatizando o caráter despolitizado do construtivismo uruguaio, sem vínculos com a esquerda, ao contrário dos congêneres brasileiro e argentino.

Cosac & Naify - 152 pág. - capa dura