Muito à frente de seu tempo, o sociólogo alemão Max Weber (1864-1920) compreendeu cedo a necessidade de relativizar valores e crenças. Stephen Kalberg, um importante estudioso de Weber, apresenta uma introdução rica e matizada, mas ao mesmo tempo clara e sucinta, dos principais vetores, temas e problematizações do pensamento do sociólogo alemão.

Com precisão, o autor articula o contexto intelectual no qual Weber estava inserido e com o qual dialogava, aspectos centrais de sua metodologia e seus principais temas de interesse e investigação. Oferece, assim, um balanço crítico do pensamento weberiano, mostrando sua atualidade na época e hoje, quase cem anos após a morte de Weber.

Inclui:
. Cronologia da vida e obra de Weber.
. Glossário de conceitos.
. Extensa bibliografia, complementada com as principais edições de Weber no Brasil.

Stephen Kalberg, um importante estudioso de Max Weber, apresenta aqui uma introdução rica e matizada, mas ao mesmo tempo clara e sucinta, dos principais vetores, temas e problematizações do pensamento do sociólogo alemão. Com precisão, Kalberg articula o contexto intelectual no qual Weber estava inserido e com o qual dialogava, aspectos centrais de sua metodologia e seus principais temas de interesse e investigação. Oferece, assim, um balanço crítico do pensamento weberiano, mostrando sua atualidade em seu momento histórico e sua atualidade hoje, quase cem anos após a morte de Weber.

Stephen Kalberg é professor de sociologia na Universidade de Boston e membro do Centro de Estudos Europeus da Universidade de Harvard. Lecionou também na Universidade de Tübingen, Alemanha. Publicou diversos livros e artigos sobre Weber e traduziu para o inglês um dos clássicos do sociólogo alemão, A ética protestante e o espírito do capitalismo. Kalberg tornou-se um importante weberólogo (membro da seita dos entendidos no pensamento de Max Weber) com a publicação do livro A sociologia histórico-comparativa de Max Weber (1994), no qual procura delinear as linhas de força centrais da obra complexa, multifacetada e por vezes ambígua do grande sociólogo alemão.

Ed. Zahar - 176 pág. - brochura

 

MAX WEBER: UMA INTRODUÇÃO - Stephen Kalberg

R$59,90 R$53,90
Frete grátis
MAX WEBER: UMA INTRODUÇÃO - Stephen Kalberg R$53,90

Muito à frente de seu tempo, o sociólogo alemão Max Weber (1864-1920) compreendeu cedo a necessidade de relativizar valores e crenças. Stephen Kalberg, um importante estudioso de Weber, apresenta uma introdução rica e matizada, mas ao mesmo tempo clara e sucinta, dos principais vetores, temas e problematizações do pensamento do sociólogo alemão.

Com precisão, o autor articula o contexto intelectual no qual Weber estava inserido e com o qual dialogava, aspectos centrais de sua metodologia e seus principais temas de interesse e investigação. Oferece, assim, um balanço crítico do pensamento weberiano, mostrando sua atualidade na época e hoje, quase cem anos após a morte de Weber.

Inclui:
. Cronologia da vida e obra de Weber.
. Glossário de conceitos.
. Extensa bibliografia, complementada com as principais edições de Weber no Brasil.

Stephen Kalberg, um importante estudioso de Max Weber, apresenta aqui uma introdução rica e matizada, mas ao mesmo tempo clara e sucinta, dos principais vetores, temas e problematizações do pensamento do sociólogo alemão. Com precisão, Kalberg articula o contexto intelectual no qual Weber estava inserido e com o qual dialogava, aspectos centrais de sua metodologia e seus principais temas de interesse e investigação. Oferece, assim, um balanço crítico do pensamento weberiano, mostrando sua atualidade em seu momento histórico e sua atualidade hoje, quase cem anos após a morte de Weber.

Stephen Kalberg é professor de sociologia na Universidade de Boston e membro do Centro de Estudos Europeus da Universidade de Harvard. Lecionou também na Universidade de Tübingen, Alemanha. Publicou diversos livros e artigos sobre Weber e traduziu para o inglês um dos clássicos do sociólogo alemão, A ética protestante e o espírito do capitalismo. Kalberg tornou-se um importante weberólogo (membro da seita dos entendidos no pensamento de Max Weber) com a publicação do livro A sociologia histórico-comparativa de Max Weber (1994), no qual procura delinear as linhas de força centrais da obra complexa, multifacetada e por vezes ambígua do grande sociólogo alemão.

Ed. Zahar - 176 pág. - brochura