Nada prova nada! é uma fala do personagem interpretado por Marco Nanini na peça Um circo de Rins e Fígados, escrita e dirigida por Gerald Thomas. A frase, repetida exaustivamente ao longo de toda a encenação, é a metáfora perfeita dos tempos em que senadores, deputados e juízes são filmados, flagrados e grampeados nas situações mais constrangedoras, revelando toda a sujeira estrutural do país onde nada, rigorosamente nada, acontece para puni-los. Quase dois anos após despedir-se do público dizendo que o teatro não faz mais sentido nos dias de hoje, Gerald Thomas lança Nada Prova Nada!, reunião de crônicas onde nos apresenta o artista e seu espanto. Segundo The New York Times, Gerald Thomas, "In Brazil, it"s lonely in the avant-garde".
O autor recebeu três Prêmios Molière, além de muitos outros prêmios.Fundou a Companhia Ópera Seca em São Paulo e apresentou-se em quinze países.

Ed. Record - 238 pág. - brochura

NADA PROVA NADA - Gerald Thomas

R$54,52
NADA PROVA NADA - Gerald Thomas R$54,52
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$0,00
Entregas para o CEP:

Sucesso! Você tem frete grátis

Nada prova nada! é uma fala do personagem interpretado por Marco Nanini na peça Um circo de Rins e Fígados, escrita e dirigida por Gerald Thomas. A frase, repetida exaustivamente ao longo de toda a encenação, é a metáfora perfeita dos tempos em que senadores, deputados e juízes são filmados, flagrados e grampeados nas situações mais constrangedoras, revelando toda a sujeira estrutural do país onde nada, rigorosamente nada, acontece para puni-los. Quase dois anos após despedir-se do público dizendo que o teatro não faz mais sentido nos dias de hoje, Gerald Thomas lança Nada Prova Nada!, reunião de crônicas onde nos apresenta o artista e seu espanto. Segundo The New York Times, Gerald Thomas, "In Brazil, it"s lonely in the avant-garde".
O autor recebeu três Prêmios Molière, além de muitos outros prêmios.Fundou a Companhia Ópera Seca em São Paulo e apresentou-se em quinze países.

Ed. Record - 238 pág. - brochura