Publicado em 1961, O Teatro do Absurdo, do crítico inglês Martin Esslin (1918-2002), tornou-se referência absolutamente necessária na época, ao oferecer ao público e aos estudiosos uma obra abrangente e definitiva sobre o movimento teatral que estilhaçou convenções dramáticas e que tentou transmitir a sensação de viver num mundo que parecia sem sentido.
Hoje, cinco décadas depois, o livro seminal de Esslin não perdeu o frescor e segue como o que melhor descreve e analisa o trabalho desses artistas.
Nada menos que um clássico, essa edição, revista, atualizada e ampliada, traz tradução de Barbara Heliodora, apresentação de Paulo Francis e um novo prefácio escrito pelo autor, inédito no Brasil.

Zahar - 424 pág. - brochura

O TEATRO DO ABSURDO - Martin Esslin

R$89,90
O TEATRO DO ABSURDO - Martin Esslin R$89,90
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Publicado em 1961, O Teatro do Absurdo, do crítico inglês Martin Esslin (1918-2002), tornou-se referência absolutamente necessária na época, ao oferecer ao público e aos estudiosos uma obra abrangente e definitiva sobre o movimento teatral que estilhaçou convenções dramáticas e que tentou transmitir a sensação de viver num mundo que parecia sem sentido.
Hoje, cinco décadas depois, o livro seminal de Esslin não perdeu o frescor e segue como o que melhor descreve e analisa o trabalho desses artistas.
Nada menos que um clássico, essa edição, revista, atualizada e ampliada, traz tradução de Barbara Heliodora, apresentação de Paulo Francis e um novo prefácio escrito pelo autor, inédito no Brasil.

Zahar - 424 pág. - brochura